Painel Solar

Criado por & Incluido na categoria Energia Solar.

Nesta série de artigos, estamos a discorrer sobre a energia solar: o que é, de que modo funciona, quais são os tipos e quais as vantagens e desvantagens. Se você perdeu as demais partes, pode conferir aqui a primeira parte e aqui a segunda parte.

Quais as desvantagens da energia solar?

Como todos os métodos de obtenção de energia, a energia solar também possui algumas desvantagens, como:

  • preços das tecnologias ainda elevados quando comparados com outros meios de geração de energia;
  • locais de latitude média podem sofrer quedas substanciais da produção de energia nos meses de inverno, devido a menor disponibilidade solar diária;
  • formas de armazenamento da energia solar ainda são pouco eficientes quando comparadas as formas tradicionais;
  • geração de energia sujeita às variações climatérias, como períodos de chuvas, aumento da nebulosidade e neve.

Como é a energia solar em Portugal?

Portugal é um dos países europeus com maior exposição solar, devido a sua localização geográfica, sendo que a média anual de horas de sol varia entre 2.200 a 3.000 – a depender da região em que se localiza.

Apesar disso, esse não tem sido um recurso muito aproveitado pelos portugueses. Países com menor disponibilidade solar, como a Alemanha, se utilizam muito mais dessa tecnologia do que por terras nacionais.

Porém, acredita-se que com as alterações recentes nas legislações energéticas e também com o aumento de empresas a prestarem a venda desse tipo de tecnologia, a energia solar poderá ser mais bem explorada pelos portugueses e passar a ser mais facilmente encontrada em nossos lares, empresas e indústrias.

Como funciona a energia solar fotovoltaica?

A tecnologia fotovoltaica é a responsável por transformar a luz solar em energia eléctrica. Todo esse processo acontece nas células fotovoltaicas que compõem os painéis solares fotovoltaicos.

Estes equipamentos, em geral, são instalados nos telhados das residências ou em áreas livres de empresas e indústrias, de modo a se localizarem em pontos ideais de exposição solar, sem sombreamentos e outros empecilhos.

Quando o fotão da luz solar atinge a célula fotovoltaica, em geral feita de silício, uma reação físico-química acontece, transformando a luz solar em corrente eléctrica alternada.

Essa corrente, porém, não é a mesma utilizada pelos nossos aparelhos eletrônicos, por isso, os sistemas dispõem de um aparelho chamado ‘inversor’ que transforma a energia eléctrica alternada em contínua e, enfim, ela poderá ser usada para o autoconsumo ou ser vendida à rede.

Como pode notar existem muitas aplicações para a energia solar que nos ajudam a poupar dinheiro e a cuidar do meio ambiente.

 

Por agora, ficamos por aqui, esperamos que tenha gostado. Continuamos no próximo artigo!

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *